domingo, 14 de maio de 2017

A Evolução do Papel da Mulher ao Longo da História

No dia 11 de maio, a Raiz Editora partilhou com a biblioteca escolar a aliciante atividade de formação, A evolução do papel da mulher ao longo da história, dinamizada pela Drª Alexandra Correia da Silva.
Licenciada em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, mestre em Ideologias e Utopias Contemporâneas e investigadora em Ciências Sociais e Humanas, cativou logo a plateia pela singeleza com que se apresentou. Afável e dotada de uma linguagem adequada aos alunos, despertou o interesse pela temática, alternando o discurso com a visualização de recursos visuais (imagens, esquemas, sínteses e vídeos) que prenderam a atenção das turmas. Criou também momentos de diálogo, em que os alunos puderam participar e acrescentar comentários sobre os assuntos.
Nas duas apresentações que dinamizou, a formadora Drª Alexandra Silva abordou o papel da mulher na Pré-História, na época Medieval e na Idade Moderna, os primeiros movimentos feministas, as sufragistas, a I Guerra Mundial e as décadas de mudança (“os loucos anos 20” e “os longos anos sessenta”) até ao 25 de abril em Portugal, tendo o cuidado de ajustar o conteúdo aos dois ciclos de escolaridade que participaram na atividade (1ª sessão – turmas 9ºB e 9ºD; 2ª sessão – turmas 6ºD e 6ºH).

Click to play this Smilebox slideshow

Temos a certeza que a análise do papel da mulher ao longo da história levou os alunos a ficarem cientes que ainda há muito a fazer pela igualdade de direitos entre homens e mulheres, pelo acesso a cargos de liderança e que a igualdade total de direitos ainda não é uma realidade em todos os países.
Agradecemos às professoras Ana Alexandra Santos, Dina Madeira, Fátima Pereira, Sandra Baptista e Lizete Valente pela colaboração e interesse que demonstraram na atividade.
Congratulamos a Raiz Editora pela excelente iniciativa e a Drª Alexandra Silva pela prática deste tipo de iniciativas que apelam à reflexão sobre preocupações transversais à sociedade, contribuindo, desta forma, para a aprendizagem e educação para a igualdade de género, uma das múltiplas dimensões do exercício da cidadania!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas











sábado, 13 de maio de 2017

O Dia da Europa na comunidade escolar!

O Dia da Europa é hoje um dos símbolos da União Europeia e constitui uma oportunidade para desenvolver atividades e festejos que aproximam a União Europeia dos cidadãos. Com este objetivo, o grupo de Geografia dinamizou, de 4 a 16 de maio, em parceria com a biblioteca escolar, uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos do 7º e 8º anos.
O Dia da Europa, celebrado a 9 de maio de cada ano, comemora a paz e a unidade e assinala o aniversário da “Declaração Schuman”, proferida no ano de 1950, pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Robert Schuman (inspirado por Jean Monnet) que propôs a criação de uma Comunidade Europeia do Carvão, precursora da atual União Europeia e que abriu caminho para a consolidação da Paz, Democracia e Solidariedade na Europa.





Os trabalhos dos alunos abordando conteúdos curriculares como “Países, Bandeiras, Símbolos e Indicadores Demográficos dos países da União Europeia” promoveram o conhecimento e a divulgação cultural da Europa, sensibilizando para a construção da identidade europeia, em que o indivíduo estabelece uma relação para além do país da sua nacionalidade, compreendendo os direitos civis e políticos a que tem direito, assim como o cumprimento dos seus deveres.
Parabéns aos alunos e aos professores pela iniciativa que promove a aprendizagem e a educação para a cidadania!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Um olhar sobre … os maus tratos na infância
A Lua Amarela Azul

No âmbito da comemoração do mês contra os maus tratos na infância, foram agendadas para o dia 4 de maio, várias sessões de leitura do livro A Lua Amarela Azul, edição apoiada pela Associação para a Promoção do Desenvolvimento Juvenil (APDJ) – instituição particular de solidariedade social, que tem como missão apoiar crianças, jovens e famílias, promovendo a educação, a proteção e o desenvolvimento cultural, físico e psicossocial.




O livro A Lua Amarela Azul, de autoria de Joana Melo da Silva, pretende alertar as crianças para as questões dos maus tratos e para o que fazer quando eles existem.
As turmas 5ºA, 5ºB, 5ºC, 5ºD, 5ºE, 5ºG, 5ºH, 5ºI e 5ºJ ouviram a história contada pela própria autora, tendo-se estabelecido um diálogo espontâneo que levou os alunos a compreenderem as cores “amarela azul”, transmitindo-se os valores da solidariedade, da dignidade, em que a psicologia ao serviço da educação seja uma realidade efetiva.


Equipa da BE

segunda-feira, 8 de maio de 2017

XXVI Concurso de Leitura Eduarda Galhoz

Como já é tradição, realizou-se no dia 3 de maio, na biblioteca escolar, o “XXVI Concurso de Leitura Eduarda Galhoz”, dinamizado pelo grupo de Português da DDJ, dirigido aos alunos do 4º ao 9º ano e que contou com a presença da professora Eduarda Galhoz, mentora deste importante concurso de promoção do livro e da leitura! É sempre um privilégio contar com a sua participação e um exemplo de vida, em que as palavras e a leitura são uma constante do seu dia a dia. Como sempre, brindou-nos com a leitura de um poema da sua autoria que escreveu propositadamente para esta iniciativa. Um exemplo!
Para além da leitura em língua portuguesa (do 4º ao 9º ano), o Concurso envolveu também a língua inglesa (do 5º ao 9º ano) e a língua francesa (do 7º ao 9º ano).
Outra caraterística singular é a participação dos alunos do 4º ano de escolaridade das EB1 do nosso agrupamento que, como em anos anteriores, vieram acompanhados pelas suas professoras, a quem deixamos aqui o nosso profundo agradecimento.
A festa da leitura arrancou com todo o ritmo e expressividade que lhe são inerentes, conquistando o júri e os presentes. Muitas participações foram de tal modo excecionais, que geraram a atribuição de pontuação máxima em ex aequo e, como no regulamento do concurso não está prevista tal possibilidade, os alunos tiveram de repetir a leitura, deixando o júri numa situação difícil para a tomada de decisão final.
A abertura do concurso contou com a presença do nosso diretor, o professor Luís Henriques. e a apresentação do mesmo ficou a cargo de dois alunos do 9ºA, o Miguel Tavares e a Inês Policarpo. O júri, constituído por três professores, dois representantes dos alunos e um representante dos pais/encarregados de educação teve a difícil tarefa de avaliar.


Click to play this Smilebox slideshow




Parabéns aos professores titulares do 4º ano, aos professores de Português, de Inglês e de Francês que motivaram, selecionaram e ensaiaram os textos, a todos os alunos participantes e naturalmente aos alunos vencedores!
Um agradecimento particular aos representantes dos pais/encarregados de educação, aos professores e aos alunos que fizeram parte do júri e que tiveram a árdua tarefa de avaliar a leitura.
Foi mais um dia de festa, em que a partilha contagiante do gosto e do prazer de ler esteve em alta!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

segunda-feira, 1 de maio de 2017

Já temos repórteres!

No dia 20 de abril, na Escola Secundária Vergílio Ferreira, realizou-se a Cerimónia de Divulgação dos Livros Preferidos integrada na iniciativa Miúdos a Votos, que temos vindo a divulgar no nosso blogue.
Esta cerimónia contou com a presença do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, do Secretário de Estado da Educação, João Costa, do Presidente do Grupo Impresa, Francisco Pedro Balsemão, da Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares, Manuela Silva, da Diretora da Visão Júnior, Cláudia Lobo, do Diretor da escola secundária que nos recebeu, Anselmo Jorge e ainda da participação de escritores, nomeadamente, António Torrado, Luísa Ducla Soares e Pedro Seromenho e, claro, de várias escolas participantes nos  Miúdos a Votos
A nossa escola foi convidada a participar na cerimónia e sete dos nossos alunos, das turmas 5ºB e 5ºC, que ao longo do ano letivo intervieram ativamente nesta iniciativa, tiveram o privilégio de entrevistar, em emissão em direto da Rádio Miúdos, o Ministro da Educação, o Secretário de Estado e o Presidente do Grupo Impresa.




A cerimónia teve início com a simulação da campanha eleitoral no exterior da escola, realizada pelos alunos da EB Ribeiro de Carvalho (Cacém), prosseguiu com a visita à exposição dos cartazes e materiais que foram produzidos durante a campanha eleitoral e culminou com a cerimónia no auditório, que foi conduzida por dois alunos da EB do Castelo (Sesimbra).
O clima de festa foi vivenciado através das apresentações de várias escolas, com canções, leituras, ações de campanha sobre livros que foram a votos e dramatizações.
O escritor e ilustrador Pedro Seromenho fez a animação que encantou a plateia, ao partilhar alguns dos seus livros e ao ilustrar in loco o seu último livro, “A Cidade Que Queria Viver no Campo”. O mundo do sonho e da imaginação enfeitiçou todos os presentes!



No final da cerimónia foi feito o anúncio dos livros mais votados em cada ciclo, pelos 53 666 alunos votantes, visionando-se, em simultâneo, a reportagem vídeo sobre os melhores momentos de campanha eleitoral nas escolas.



Foi um dia de sonho!
Sonho foi, também, ver os nossos alunos a “crescerem” ao longo de toda esta iniciativa que teve início em dezembro. Aprenderam a comunicar mais facilmente, a argumentar e a conceber materiais de campanha.
Após esta caminhada, sentimo-nos orgulhosos ao proporcionar atividades e iniciativas indutoras do desenvolvimento cultural e da formação integral dos nossos alunos.
Partilhamos aqui as palavras que a Coordenadora da DGE/RBE teve a amabilidade de nos endereçar:

“Venho felicitar por todo o trabalho e empenhamento com que encararam mais este desafio e agradecer a forma como enriqueceram a campanha eleitoral e a cerimónia final.
Peço-lhe o favor de transmitir também aos alunos o meu agradecimento pelo entusiasmo manifestado e os parabéns pela qualidade de tudo o que realizaram. Os “repórteres de serviço” fizeram um excelente trabalho!”

Parabéns aos pais/encarregados de educação que contribuíram para estimular o interesse no desenrolar de toda a iniciativa e aos alunos envolvidos.
Congratulamos ainda a VISÃO Júnior, a RBE, a Comissão Nacional de Eleições, a Direção-Geral da Educação, o Plano Nacional de Leitura, a Pordata e a Rádio Miúdos pela excelente iniciativa!


Professoras
Anabela Monteiro e Lígia Freitas


E, caso seja preciso refrescar a memória, o comício e o dia de eleições também foram imortalizados no site da Visão Júnior!

http://visao.sapo.pt/visaojunior/iniciativasescolas/miudos-a-votos/2017-04-02-Comicios-e-votos-na-Escola-D.-Domingos-Jardo

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Encontro com a escritora Luísa Fortes da Cunha 




É com enorme satisfação que a Biblioteca Escolar contará com a presença da conhecida escritora de literatura infantojuvenil, Luísa Fortes da Cunha, no próximo dia 12 de maio.
A partir do dia 24 de abril, na biblioteca, já se encontra à venda os livros da série "Teodora" e é uma ótima oportunidade para adquirirem o último título Teodora e o Misterioso Barco de Mogno, edição de autor.
Vem descobrir livros fantásticos! Esperam-te mistérios, magia e aventuras de cortar a respiração!


A equipa da BE

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Ler é uma Festa!

Na semana de 27 a 31 de março, a Biblioteca Escolar e o grupo de Português promoveram na escola a 11ª edição da Semana da Leitura. Ilustrando o tema proposto O prazer de Ler! foi um prazer celebrar a Leitura, através da participação dos alunos, das famílias, dos professores e assistentes operacionais que em atividades livres de leitura abrilhantaram o conceito O prazer de Ler!

Durante toda a semana, a biblioteca foi palco das mais variadas iniciativas, nomeadamente:

Ø  Apresentações musicais (turma 5ºA com o professor Henrique Machado; turma 6ºJ – Interculturalidade na leitura – professor Hélder Marciano);


Ø  Dramatizações (Leandro, Rei da Helíria - 7ºC e 7ºD; O Principezinho - 6ºA);
Ø  Leituras dramatizadas Graças e Desgraças da Corte de El-Rei Tadinho – Monarca Iluminado do reino das cem janelas pela aluna Raquel Coutinho (5ºA) e O Segredo do Rio pela aluna Mariana Pedro (5ºC);

Click to play this Smilebox slideshow


Ø  Leituras, apresentações de livros e declamação de poemas por parte dos pais, encarregados de educação, familiares dos alunos das turmas 5ºA, 5ºB, 5ºC, 5ºE, 5ºG, 5ºL; 6ºA, 6ºF e 9ºA;
Ø  Lendo em chinês – a encarregada de educação e o aluno Shang Cheng Lin (5ºA) surpreenderam a assistência, com a leitura de um conto em chinês, em que o afável Shang desempenhou o papel de tradutor;
Ø  Apresentações de fábulas com fantoches (encarregada de educação e aluna 5ºE);  


Click to play this Smilebox slideshow



Ø  Ler, saber, prazer! – apresentação de histórias humorísticas do livro As Lições do Tonecas – professoras Carla Sordo e Lígia Freitas;
Ø  Leitura do poema Prazer de Ler de autoria da aluna Matilde Rebolo;
Ø  Leitura do poema de autoria da assistente operacional Rosa Luz;
Ø  Leituras Partilhadas – profª Gracinda Mateus e Matilde Rebolo, 6ºF;
Ø  Leituras Convidadasalunas Carolina Crispim, Carolina Santos e Iara Santana do 7ºC apresentaram à turma 6ºF o livro Haatchi & Little B;

Click to play this Smilebox slideshow


Ø  Conversas de Carvão – professoras Carla Sordo e Lígia Freitas -  turmas 5ºG, 5ºI e 5ºL;
Ø  Newton gostava de ler! para a turma 5ºG;
Ø  Leitura em formato digital The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore para as turmas 5ºG, 5ºI e 5ºL;

Click to play this Smilebox slideshow

Ø 
Apresentação de livros em Pop-up;






Ø  Escrutínio Miúdos a votos: quais os livros mais fixes? – contagem dos 772 votos e apuramento dos livros mais votados na escola no âmbito da iniciativa promovida pela VISÃO Júnior e Rede de Bibliotecas Escolares;
Ø  Ler em sala de aula – a encarregada de educação da aluna Sofia Remédios (5ºB) na impossibilidade de se deslocar à escola na semana dedicada à leitura, não quis deixar de participar e veio à sala de aula em dia posterior.

É ainda de destacar a presença de escritores:

Ø  Dia 29 – António José Pais Dias partilhou leituras em prosa e em poesia e ofereceu à biblioteca o poema “Rir Rir”, uma pesquisa histórica sobre Domingos Jardo e um exemplar da Tabuada Escolar “Ratinho”, de 1977. Douto em conhecimentos e saberes encantou os alunos da turma 6ºF. O facto de termos uma Semana da Leitura tão preenchida e o espaço da BE tão requisitado a nível da participação de turmas, não permitiu, infelizmente, realizar mais sessões, mas com certeza que outos momentos existirão.

Ø  Dia 30 – Elisa Rodrigues e Diana Pinto, que realizaram várias sessões de apresentação dos seus livros A Chave Verde e A Escola do Terror para as turmas 8ºA, 8ºB, 8ºC, 8ºE, 9ºA, 9ºB, 9ºC e 9ºE, seguidas de um diálogo, de perguntas e respostas, finalizando com a sessão de autógrafos.

Click to play this Smilebox slideshow

Referenciamos ainda a presença do sr. Jorge Rosa, encarregado de educação da aluna Luna Rosa, da turma 9ºA, que todos os anos (desde há 5 anos!) participa na Semana da Leitura, lendo com a sua educanda. É sempre um gosto!
Agradecemos também à assistente operacional Margarida Morais pela colaboração na decoração do espaço!
A entrega simbólica de um Certificado representa o nosso agradecimento a todos os que valorizaram a festa da Leitura, lendo por prazer, ler para aprender, em diferentes suportes, em todos os contextos e com todos!
Bem hajam!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas




sexta-feira, 7 de abril de 2017

Creme de Mãos na BE!

Nos dias 23 e 24 de março, a biblioteca escolar tornou-se, uma vez mais, espaço de ciência com a realização de duas sessões do Módulo I “Creme de mãos”, no âmbito do Projeto “Newton gostava de ler!”, para as turmas 9ºA e 9ºB, respetivamente.



Foi apresentada uma lição de anatomia, retirada do livro “As lições do Tonecas”, de José de Oliveira Cosme, e no segundo dia a leitura contou ainda com a colaboração da profª Carla Sordo. Dado o mote e instalada a boa disposição, os alunos visionaram um PowerPoint relativo à constituição da pele, aos conceitos de impermeabilização, proteção, termorregulação e funções sensoriais. Sensibilizados para a importância da hidratação e da proteção das mãos, passaram à fase experimental onde puderam confecionar um creme de mãos. No final, experimentaram-no, tendo verificado que as mãos ficaram hidratadas e suaves. Para poderem reproduzir em casa, levaram a receita!
A profª bibliotecária felicita e agradece à profª Sandra Marques pela parceria regular que estabelece com a biblioteca escolar, nomeadamente no âmbito do Projeto Newton, proporcionando aos alunos experiências fora do contexto sala de aula e que enriquecem a prática educativa!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

domingo, 2 de abril de 2017

Conto ou Fábula?

No dia 22 de março, patrocinado pela editorial Leya, tivemos o prazer de receber na biblioteca escolar o Contador de Histórias, Pedro Simões e o Ilustrador, Guilherme Gamito que realizaram duas animadas sessões, a primeira, para turmas de 5º ano e a segunda para turmas de 6º ano. 
Nestas sessões a arte de contar e a arte de comunicação imagética são complementares e cativam duplamente a atenção dos alunos. O facto de poderem visualizar a ilustração da fábula ou do conto que são narrados no momento, constitui uma experiência única e surpreendente.
Em ambas as sessões houve um momento de escrita criativa que levou os alunos a participarem ativamente nas atividades propostas e que estimularam, sem dúvida, a aprendizagem.
Pedro Simões e Guilherme Gamito estão de parabéns por proporcionarem momentos como estes, em que a “fórmula” certa espalha a magia e a intercomunicação entre todas as partes. A relação cada vez mais orgânica entre o texto e a imagem tem aqui um ótimo exemplo.
Parabéns pela iniciativa!

1ª sessão:
Fábula O Velho, o Rapaz e o Burro

As turmas 5ºA, 5ºB e 5ºC assistiram ao reconto expressivo da fábula O Velho, o Rapaz e o Burro pelo contador Pedro Simões que tornou a leitura mágica. Ao mesmo tempo visualizavam a ilustração da fábula, que traço a traço ganhava forma e captava a atenção de todos.
O contador Pedro Simões, através da dinâmica de “contar e interagir”, relembrou a estrutura e as caraterísticas da fábula. No final, propôs que criassem um final para a fábula em que a criatividade, a imaginação e a originalidade fossem elementos determinantes, tudo escrito em tempo flash!



E assim aconteceu! Todos puderam ler os finais que criaram e elegeram o da sua preferência. O mais votado foi o da autoria do aluno Gabriel Ferreira, da turma 5ºB. Parabéns!
Como recordação da atividade o texto do Gabriel foi passado pelo próprio Guilherme Gamito para a preciosa ilustração que gentilmente ofereceu!



2ª sessão:
Conto As Três Penas

As turmas 6ºD e 6ºF assistiram ao conto As Três Penas, dos Irmãos Grimm pelo contador Pedro Simões que talentosamente relatou este conto tradicional. A linguagem simples ganhou vida com a arte teatral da voz do ator Pedro Simões o que fez o deleite de toda a plateia.
Para além do reconto, Pedro Simões recordou a estrutura simples deste tipo de narrativa (introdução, desenvolvimento, conclusão) e explicou a simbologia de alguns elementos dos “contos tradicionais”, colocando a tónica na fórmula inicial “Era uma vez…” e final “… e foram felizes para sempre” e na transmissão de um ensinamento ou numa moralidade.
Paralelamente, a ilustração do conto ganhava forma pelas mãos do ilustrador Guilherme Gamito. O reconhecimento da ilustração como elemento narrativo foi bem visível e todos ficaram deleitados com tal magia!



A terminar a animada sessão os alunos foram desafiados a escolherem uma personagem dos “contos de encantar” e a escreverem, em tempo flash, um anúncio criativo. No final, os textos foram partilhados e na hora de votar houve um empate entre as preferências. Devido ao adiantado da hora, já não foi possível o “desempate”, mas temos a certeza que foi uma experiência enriquecedora e uma forma diferente de aprendizagem!
Como testemunho desta fascinante sessão, Guilherme Gamito ofereceu a ilustração que ficará como espólio da biblioteca e que poderá ser admirada pelos utilizadores deste espaço.

Profª bibliotecária
Lígia Freitas


segunda-feira, 27 de março de 2017

A locomotiva do conhecimento histórico!

Exposição Portugal na segunda metade do século XIX – Inovações


De 21 a 24 de março, o espaço da biblioteca escolar apresentou a exposição subordinada ao tema Portugal na segunda metade do século XIX – Inovações, dinamizada pelo grupo de História e Geografia de Portugal (HGP).

Numerosos e variados trabalhos realizados pelos alunos do 6º ano de escolaridade certificavam a era das invenções e descobertas, nomeadamente a nível dos transportes terrestres e ferroviários, a nível dos meios de comunicações e a nível da modernização da indústria e da agricultura.

Click to play this Smilebox slideshow

As criativas e minuciosas maquetes, os apelativos trabalhos em cartolina e o fantástico marco de correio, em tamanho real, prenderam a atenção de todos os visitantes da exposição confirmando o empenho dos alunos na realização dos trabalhos que ilustram a importância dos avanços e do período de mudança que foi o século XIX.
O “comboio” que anunciava a exposição executado pela inventiva e habilidosa assistente operacional Margarida Morais arrancou igualmente rasgados elogios e foi muito apreciado. Obrigada!
Parabéns aos alunos e ao grupo de HGP por desenvolver mais uma atividade promotora do conhecimento histórico!

Profª bibliotecária
Lígia Freitas


domingo, 26 de março de 2017

Gelado Científico
Newton gostava de ler!

Nos dias 14, 15 e 16 de março foram realizadas no espaço da biblioteca escolar, mais quatro sessões do módulo “Gelado Científico”, do Projeto “Newton gostava de ler!”, para as turmas 7ºA, 7ºB, 7ºC e 7ºD, no âmbito da disciplina curricular de Física e Química.
Os alunos acompanhados pela professora Emília Melo assistiram à projeção do trailer oficial do filme O Grande Milagre e de uma parte do filme A Idade do Gelo 2 – Descongelados, tendo realizado na parte experimental a confeção de gelado, com ingredientes de custo acessível, sem utilização de frigorífico.





Parabéns à profª Emília por recorrer com frequência a atividades do Projeto Newton, na medida que contribui para o alargamento dos conhecimentos científicos dos alunos, desenvolvendo ao mesmo tempo competências na área da experimentação, fora do contexto sala de aula!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

sábado, 25 de março de 2017

A Poesia … já anda no ar!

Para comemorar o Dia da Poesia, que se celebrou a 21 de março, a Biblioteca Escolar, juntamente com os grupos de Educação Visual (EV) e de Educação Tecnológica (ET), espalhou a magia da poesia pela escola, através da distribuição de um elemento decorativo realizado pelos alunos nas aulas de EV e de ET.
Os professores e funcionários, assim como os pais/encarregados de educação que se deslocaram à escola nesse dia, foram presenteados com esse miminho. As escolas do 1º ciclo, que fazem parte do nosso agrupamento, também receberam as referidas missivas poéticas.
Durante a comemoração da “Semana da Leitura” que se realizará na semana de 27 a 31 de março, todos os participantes ativos na festa da leitura poderão escolher, da “cesta da poesia”, um elemento decorativo.




A professora bibliotecária agradece aos grupos curriculares mencionados a colaboração na atividade que uma vez mais lançou na comunidade educativa o colorido e a beleza das palavras!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

sexta-feira, 24 de março de 2017

O dia das eleições na DDJ!
No passado dia 17 de março, dia da votação de “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?” os alunos da nossa escola exerceram o seu direito de voto, expressando a sua opinião pela participação ativa neste processo eleitoral nacional.
A votação decorreu na biblioteca escolar, no período das 8.10h às 16.30h, tendo como “membros da mesa de voto” alunos da turma 5ºB, nomeadamente: Beatriz Mendes, Eva Brito, Inês Trindade, Inês Sampedro, Madalena Santos, Marta Vaz, Rodrigo Anjos e Sofia Remédios, que conferiram os nomes dos eleitores nos “cadernos eleitorais” e disponibilizaram os boletins de voto. As professoras Anabela Monteiro e Lígia Freitas, foram as “presidentes da mesa de voto” e orientaram o decorrer da votação para que tudo decorresse convenientemente.




A afluência às urnas superou as expetativas, tendo-se registado 772 votos (2º ciclo – 444 votos e 3º ciclo – 328 votos), o que só foi possível graças à colaboração de todos os professores que mobilizaram os alunos para este ato eleitoral.
O escrutínio, a contagem e o registo de votos na nossa escola já foram realizados e os formulários enviados para a VISÃO Júnior. Na DDJ, em ambos os ciclos de escolaridade o livro mais votado foi “Avozinha Gângster”, de David Walliams, que teve 159 votos no 2º ciclo e 73 votos no 3º ciclo.
Agora só resta esperar pela apresentação dos resultados eleitorais a nível nacional, que serão posteriormente divulgados no dia 20 de abril em cerimónia pública e também divulgados neste espaço.
As professoras Anabela Monteiro e Lígia Freitas, dão os parabéns aos alunos que aderiram a esta iniciativa, que proporcionou um processo de aprendizagem importante, ajudando a formar cidadãos de pleno direito!


Professoras Anabela Monteiro e Lígia Freitas

segunda-feira, 20 de março de 2017

Conto ou Fábula


No dia 22 de março, o contador de histórias Pedro Simões e o ilustrador Guilherme Gamito estarão na biblioteca escolar para realizar duas sessões em que partilharão narrativas de tradição oral, versões de contos e fábulas. Pedro Simões ficará com as palavras e gestos e Guilherme Gamito com os lápis, pincéis, cores que ilustrarão o que será contado. 
Agradecemos à Leya  por nos proporcionar mais uma experiência enriquecedora!


Equipa da BE

quarta-feira, 15 de março de 2017

Miúdos a Votos
 Materiais de propaganda marcam a diferença!

Partilhamos convosco alguns materiais de propaganda criados e produzidos pelos nossos alunos que estão em campanha eleitoral no âmbito da iniciativa “Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?”.




A sua distribuição na comunidade escolar tem causado impacto, pois a imaginação, o engenho e o empenho não passam despercebidos e cativam a atenção de todos! Diversificados materiais foram utilizados, nomeadamente: cartolinas coloridas, palhinhas de plástico, espátulas de madeira polidas, espátulas de madeira pintadas, etiquetas autocolantes, balões, furadores de papel com formas, etc.
Foi com imensa satisfação que a biblioteca escolar apoiou a impressão dos apelativos e cativantes materiais.
Parabéns aos alunos e aos pais/encarregados de educação pela dedicação demonstrada.
Só podemos dizer que “Quem revela tanta criatividade, marca a diferença”!
Saudações a todos!


Equipa da BE
Miúdos a Votos … comício na DDJ!

No dia 7 de março, integrado na campanha eleitoral de “Miúdos a Votos”, realizou-se no espaço da nossa biblioteca escolar (BE) um ativo comício, que contou com a assistência das turmas 5ºA, 5ºB, 5ºC e 5ºE.
No espaço da BE os cartazes, as fotos dos alunos que estão a fazer campanha e todo o apelativo material de propagada convidava a assistência a assistir ao tão empolgado comício. Os nossos onze apoiantes dos livros mais fixes apresentaram, de forma entusiasta, os livros da sua preferência, expuseram as razões da sua escolha e apelaram ao voto, de forma animada.



No final do comício, foram distribuídos os materiais de propaganda, que têm criado, nomeadamente: autocolantes, marcadores de livros, máscaras com guloseimas, bandeirinhas, balões com mensagens, cartões personalizados e até chocolatinhos o que agradou a toda a assistência!
A boa disposição e a euforia reinaram em todo o comício!
Os nossos “bravos” (5ºB – Beatriz Mendes; Gonçalo Saraiva; Guilherme Fernandes; Inês Trindade; Madalena Santos; Mª do Rosário Alves; Marta Vaz; Rodrigo Anjos; Sofia Remédios e do 5ªC – Carolina Elias e Maria Pedro) até ao dia 15 de março continuarão a sua campanha eleitoral e deslocar-se-ão a muitas salas de aula para apresentar os livros que consideram mais fixes e entregar o seu material promocional!
A BE agradece aos professores que têm cooperado nesta iniciativa de promoção da leitura e da cidadania. Congratula os alunos que estão a realizar a campanha eleitoral pelo empenho e dinamismo que revelam! Deseja a todos uma ótima campanha e que o dia 17 de março, dia da eleição nacional, registe uma elevada afluência ao voto!

Obs. Rádio Miúdos entre 1 e 15 de março está a transmitir os tempos de antena das escolas. As transmissões são feitas três vezes por dia, às 9h45, 15h45 e às 20h15.  

Tempos de antena da DDJ:
Dia 3 de março – “O Principezinho” – Mª do Rosário Alves (5ºB)
Dia 13 de março – “O Diário de Um Banana: Rodrick é Terrível” – Mariana Pedro (5ºC)

Oiçam em www.radiomiudos.pt!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas

domingo, 12 de março de 2017

Desafiar as diferenças!
Inclusão e o relacionamento entre pares
Na semana de 6 a 9 de março, a biblioteca escolar foi palco da realização de um ciclo de workshops sob a temática “Desafiar as diferenças!”, promovidos pela mediadora Joana Inácio em parceria com a Associação de Pais da DDJ e com a Educação Especial e que contou com a participação especial de um jovem universitário.
Joana Inácio foi contactada pela senhora Cátia Valadas, representante da Associação de Pais da DDJ, que é psicóloga e que acompanha há uns anos um jovem com autismo que realizou um percurso escolar e académico com sucesso e que propôs a realização de uma sessão dirigida a alunos sobre as necessidades educativas, inclusão e relacionamento entre pares, com a partilha de testemunho de um jovem adulto.




A sugestão foi aceite pela mediadora Joana Inácio que lançou a proposta aos diretores de turma do 5º e 6º ano, que se inscreveram livremente com as suas turmas nos workshops, tendo sido realizadas sessões para as turmas 5ºA, 5ºD, 5ºE, 5ºG, 5ºI, 5ºJ, 6ºA, 6ºB, 6ºD, 6ºF e 6ºJ.
Nas sessões os alunos visionaram o vídeo “Mary e Max – Síndrome de Asperger” em que Max escreve uma carta a Mary fazendo comentários oportunos sobre as suas dificuldades em relação ao seu autismo - síndrome de Asperger. Depois, tiveram a oportunidade de ouvir o testemunho presencial do jovem David que apresentou de forma excelente o seu percurso de vida. Sempre cortês e assertivo, respondeu às questões colocadas pelos alunos, expondo como superou as suas dificuldades, deixando sábias mensagens de positivismo.
Durante as sessões, os alunos escolhiam folhas da “árvore da motivação” e liam frases de incentivo e encorajamento para encarar os obstáculos que vão surgindo no quotidiano.
Queremos agradecer à Dra. Cátia Valadas e à mediadora Joana sobre esta estratégia/intervenção, que teve como objetivo sensibilizar os alunos sobre as caraterísticas dos jovens com necessidades educativas especiais, levando-os a refletir sobre as diferenças individuais, formas de inclusão e respeito pelas diferenças.
Ao jovem David, parabéns pela sua lição de vida!

Profª bibliotecária

Lígia Freitas